Diário Online
Tuédoidé? / Curiosidades
ESTÉTICA

Barba rala? Transplante pode ser a solução. Veja como!

Alguns homens sonham ter uma barba grande, mas muitas vezes não conseguem. O transplante pode ser a solução.

sexta-feira, 20/05/2022, 08:23 - Atualizado em 20/05/2022, 08:21 - Autor: DOL

Google News

O diagnóstico de um especialista é indispensável antes de realizar o transplante.
O diagnóstico de um especialista é indispensável antes de realizar o transplante. | ( Reprodução )

Moda para alguns, estilo de vida para outros. A barba é fator importante no mundo masculino. Muitos homens querem ter barba espessa, mas alguns fatores podem não ajudar. O transplante de barba já é realidade e o procedimento está ficando cada vez mais popular no Brasil. 

“O transplante de barba pode ser a solução para pacientes que possuem problemas dermatológicos no rosto”, disse o Dr. Misael do Nascimento, médico dermatologista. 

Existem duas técnicas para o transplante de barba, elas não alteram o resultado e, dependendo do diagnóstico do médico especialista, o paciente pode escolher qual dos métodos quer utilizar.

O método mais utilizado é o FUT (Follicular Unit Transplantation). “Nós retiramos uma parte do couro cabeludo do paciente, junto com suas unidades foliculares e aplicamos na região onde não há presença de pelos faciais. Este procedimento não causa prejuízos ao cabelo e, cirurgicamente, é uma cirurgia rápida", destaca o Dr. Ronaldo Borges, médico anestesiologista e tricologista, que é referência em transplante e medicina capilar. 

Deolane surpreende e mostra novos lábios: "desinchou"

"A outra técnica se trata da FUE (Folicular Unit Extraction). A aplicação é parecida com a do transplante capilar, onde inserções cirúrgicas são realizadas nas regiões da barba com mais pelos e aplicadas nas regiões com falhas", completa.

Nesta técnica, os fios extraídos devem ter pelo menos 1 centímetro de comprimento, para que os enxertos atinjam profundamente a raiz dos bulbos. Não é necessário que o paciente fique de repouso, entretanto, ele não deve exagerar nos movimentos bruscos nos primeiros dias após a cirurgia.

 "A cirurgia pode causar coceiras na região onde os pelos foram aplicados, neste caso, em hipótese nenhuma é permitido coçar. É imprescindível o uso de cremes para o rosto ou mesmo produtos para barba, estes indicados pelo médico especialista. Estes cremes auxiliam na redução dos efeitos da coceira", alerta o Dr. Misael do Nascimento.

Quando fazer o procedimento?

Os resultados da cirurgia têm sido positivos e já são alvo de pesquisa há mais de 10 anos. Os médicos apontam que é imprescindível a realização de exames para ter certeza de que a única solução para o paciente é o transplante.

"Precisamos ter certeza de que o caso é de recuperação dos pelos faciais. Em alguns casos, como na questão do estresse ou de alopecia areata, o paciente pode ser tratado através de medicamentos", explicou o Dr. Misael.

A idade mais comum para se submeter ao transplante é dos 23 aos 60 anos. "Cada homem possui uma identidade e em todos os casos, existe um tempo específico de crescimento dos pelos faciais. Só consigo realizar a cirurgia depois da avaliação de um dermatologista", alertou o cirurgião plástico Dr. Ronaldo Borges.

Vai demorar! GTA 6 deve ser lançado somente depois de 2025

Os especialistas responderam algumas dúvidas relacionadas ao procedimento:

O volume da barba está ligado ao fator genético?

[Dr. Ronaldo Borges]: a densidade capilar tem ligação com fator genético sim. Sendo normal alguns homens terem uma maior ou menor densidade. Mas essa densidade pode ser aumentada em áreas estratégicas da barba como o queixo e bigode para proporcionar um aspecto mais cheio. 

Por que surgem falhas na barba? 

[Dr. Misael do Nascimento]: podem surgir por processos inflamatórios intensos (como doenças auto-imunes ou traumas) por cicatrizes ou por condições psiquiátricas como a tricotilomania.

[Dr. Ronaldo Borges]: a presença de falhas na barba pode ser ligado a falta genética de alguns folículos no local ou a doenças dermatológicas que levam a perda de folículos. Quando a falha é genética o tratamento pelo transplante consegue preencher o local de modo efetivo trazendo um aspecto mais homogêneo para a barba.

Quando é indicado o transplante?

[Dr. Ronaldo]: o tratamento cirúrgico de restauração da barba tem uma ampla indicação . Ele é efetivo para pacientes com baixa de densidade ( barba mais “ rala”) e nos casos de falhas focais. Porém, é importante que o paciente tenha boas condições de saúde (ex pressão controlado; glicemia adequada), para que o procedimento cirúrgico possa ser feito com toda segurança.

Se barbear todos os dias, os pelos crescem mais rápido?

[Dr. Misael]: não existe respaldo científico quanto ao crescimento da barba acelerado por se barbear diariamente, sei que dá essa impressão, mas a verdade é que não.

Dr. Ronaldo Borges é especialista em transplante e medicina capilar (Tricologia)| Instagram: @drronaldoborges 

Dr. Misael Do Nascimento é médico atuante na área de dermatologia com ênfase ao público masculino – Instagram: @dr.donascimento

 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS