Diário Online
NOSTÁLGICO

Orkut de volta? Carta publicada sugere possível retorno

Expectativa de um possível retorno do Orkut, a famosa rede social dos anos 2000, foi alimentada após a publicação de uma carta pelo seu criador

quarta-feira, 27/04/2022, 21:44 - Atualizado em 27/04/2022, 21:43 - Autor: Com informações de Guilherme Gurgel/BHAZ

Google News

Carta foi publicada pelo criador, Orkut, na finada plataforma
Carta foi publicada pelo criador, Orkut, na finada plataforma | Reprodução/Orkut

O Orkut fez a cabeça de muitos jovens nos anos 2000. Era, sem dúvida, uma das mais populares redes sociais. Era possível trocar mensagens, fazer longos depoimentos para amigos, medir a própria popularidade entre o círculo social e, principalmente, fazer parte de inúmeras comunidades.

Com a história da compra do Twitter por Elon Musk, o desejo de reviver a nostalgia pode estar cada vez mais perto. Ao menos é o que sugere uma carta aberta publicada no site oficial da finada plataforma (orkut.com).

O texto foi publicado pelo criador do Orkut e implantou uma expectativa gigante nos internautas ao afirmar que “algo novo” está por vir.

O conteúdo completo está disponível no site oficial da finada rede social: orkut.com
O conteúdo completo está disponível no site oficial da finada rede social: orkut.com | Reprodução

“Sou o Orkut. 17 anos atrás eu criei uma pequena rede social enquanto eu trabalhava no Google como engenheiro de software. Em apenas alguns anos, essa rede social se tornou o orkut.com com mais de 300 milhões de usuários”, se apresenta o desenvolvedor da rede social.

Narcisismo da selfie é sintoma do século 21 exposto na web

Na internet foi inevitável não associar o conteúdo da carta às declarações de Elon Musk de que a compra do Twitter levaria a mais liberdade de expressão. Para essas mesmas pessoas, também foi uma oportunidade de encontrar uma casa alternativa caso a rede do passarinho azul não seja mais satisfatória.

E MAIS: Deixe as letras do WhatsApp coloridas como o antigo MSN

“Eu sou uma pessoa otimista. Acredito no poder da conexão para mudar o mundo. Acredito que o mundo é um lugar melhor quando nos conhecemos um pouco mais. É por isso que eu criei a primeira rede social do mundo quando era um estudante de pós-graduação em Stanford. É por isso que eu trouxe o orkut.com para tantos de vocês ao redor do mundo. E é por isso que eu estou construindo algo novo. Vejo você em breve!”, encerra a carta.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS