Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
REVOLTADO

Padre se irrita e encerra casamento após cães participarem

Cerimônia foi encerrada sem os procedimentos costumeiros após o padre se irritar com a presença dos animais

sexta-feira, 20/05/2022, 22:31 - Atualizado em 20/05/2022, 22:29 - Autor: Com informações da Isto é

Google News

Caso aconteceu em uma igreja em Nova Olinda, no Ceará
Caso aconteceu em uma igreja em Nova Olinda, no Ceará | Reprodução

A presença de dois animais dentro de uma igreja fez com que um padre cancelasse uma cerimônia. O motivo? Os cães entraram para participar do casamento com a entrega de alianças, o que irritou o religioso, que se recusou a seguir em frente com a benção final.

Vídeo: Ana Maria interrompe reality após ato racista

“Isso é o cúmulo, dois animais entrando na igreja com as alianças. É inadmissível!", teria dito o padre, segundo a noiva, Brenda Jamili, de 18 anos. Insatisfeito, ele teria encerrado a celebração sem dizer a frase: “Eu vos declaro marido e mulher. Pode beijar a noiva”.

O caso aconteceu no último sábado (14) em Nova Olinda, no Ceará, na Paróquia São Sebastião. O padre em questão foi identificado como César Retrão. Após os cachorros aparecerem carregando as alianças, ele teria fechado a cara e se recusado a seguir com os demais procedimentos.

Membros do Instituto Lilica, que acolhe animais de rua e encaminha para adoção, os vira-latas Pipoca e Scooby levaram as alianças e foram adotados pelo casal de, então, noivos depois de terem sido resgatados pela ONG. Pipoca é cega e Scooby só anda com três patas.

E MAIS:

+ Covid volta a ser principal causa de doenças respiratórias

+ "Varíola de macacos": OMS alerta para risco de pandemia

A dupla aparece vestindo roupinhas “black-tie” e foi guiada em coleiras por familiares dos próprios noivos. “Sou protetora da causa animal, luto pelo bem dos animais, luto para eles serem bem-vindos em qualquer lugar. Os seres mais puros da terra são os animais; e Pipoca e Scooby definem o amor, a pureza, a inocência”, disse Brenda sobre a escolha dos cães como “pajens”.

O Instituto Lilica disse, por meio de nota, que o padre já ajudou a entidade outras vezes, mas que foi “angustiante a surpresa do repúdio em meio à cerimônia”. “Ao nosso entender, como cristãos, o amor estava ali representado”, diz no comunicado.

 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS