Diário Online
Notícias / Polícia
VEJA A CONFISSÃO

Vídeo: assassino diz que recebeu mil reais para matar PM 

Um dos envolvidos foi preso pela Polícia Militar confessou o crime e está sendo apresentado na Divisão de Homicídios em Belém

quinta-feira, 19/05/2022, 13:09 - Atualizado em 19/05/2022, 14:31 - Autor: Com informações de Sancha Luna/RBATV

Google News

Suspeito confessou o crime é apresentado na DH.
Suspeito confessou o crime é apresentado na DH. | ( Reprodução )

Cerca de 24 horas depois do assassinato do sargento da reserva da Polícia Militar do Pará, Jocelino Cardoso Cepeda, na ilha de Mosqueiro, distrito de Belém, a PM conseguiu capturar um dos envolvidos no crime. O militar foi morto em casa, na praia de São Francisco.

O sargento da reserva da PM  Jocelino Cardoso Cepeda foi morto em casa
O sargento da reserva da PM Jocelino Cardoso Cepeda foi morto em casa | ( Reprodução )
 

O suspeito, identificado como Erik Ruan Silva Azevedo de 23 anos, foi preso em Genipaúba, lçocalidade de Santa Bárbara do Pará e apresentado na sede da Divisão de Homicídios na capital, no final da manhã desta quinta-feira (19). À polícia, Erik contou que recebeu R$ 1 mil para matar Sepeda, mas disse que só soube que se tratava de um policial após o crime.

VEJA A CONFISSÃO!

 
Suspeito confessou o crime é apresentado na DH.
Suspeito confessou o crime é apresentado na DH. | ( Reprodução )
 

O rapaz cita ainda os nomes de outros envolvidos na morte do sargento. Ele foi capturado em Santa Bárbara, na Região Metropolitana de Belém. Assista a declaração do suspeito: 


Segundo as investigações, Erik é um dos homens que aparece de blusa vermelha e chapéu preto que aparece correndo na companhia de outros homens. 

ASSISTA!   

 

Já na manhã desta quinta-feira (19), Erik fugia na companhia de outro homem, identificado como Emerson, que também participou do crime. O suspeito morreu em Santa Bárbara durante intervenção policial.

 

Emerson estava em fuga quando foi atingido em intervenção da polícia
Emerson estava em fuga quando foi atingido em intervenção da polícia | Divulgação
 


Ontem (18), outro envolvido na morte do sargento Cepeda acabou morto por intervenção policial, no bairro do Caranduba, na ilha de Mosqueiro. Thiago Francisco Roldão da Silva. Com ele a polícia apreendeu um revólver calibre 38.

E mais:

Corpo de juíza é velado em duas cidades da Paraíba

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS