Diário Online
Notícias / Mundo-Notícias
INVESTIGAÇÃO

Nigéria: faxineiro é encontrado morto na pista de aeroporto 

A policia trabalham com as hipóteses de que a vítima possa ter se envolvido em mais um caso de viajante clandestino, vindo a cair de um avião durante a decolagem, ou mesmo tendo sido um assassinato.

sábado, 21/05/2022, 13:45 - Atualizado em 21/05/2022, 13:43 - Autor: Com informações aeroin.net

Google News

O cadáver foi encontrado em plena pista 18R no Aeroporto Internacional Murtala Muhammed, em Lagos
O cadáver foi encontrado em plena pista 18R no Aeroporto Internacional Murtala Muhammed, em Lagos | Reprodução

Na última quinta-feira (19) a rotina do Aeroporto Internacional Murtala Muhammed, em Lagos (Nigéria), foi abalada, depois que um cadáver de um homem foi encontrado em plena pista 18R, o que forçou à suspensão temporária das atividades, resultando em voos atrasados, cancelados e desviados.

Um dos voos afetados foi o ET-3907, da Ethiopian Airlines, que estava chegando à Nigéria proveniente de Lomé (Togo), mas foi forçado a retornar ao país da África Ocidental.

De acordo com as autoridades, a identidade do homem não pôde ser imediatamente determinada, mas foi posteriormente revelado que se tratava de um dos funcionários da limpeza do aeroporto.

Ainda não se sabe como o homem foi parar lá, mas as a policia trabalham com as hipóteses de que a vítima possa ter se envolvido em mais um caso de viajante clandestino, vindo a cair de um avião durante a decolagem, ou mesmo tendo sido um assassinato. Uma investigação foi iniciada imediatamente após o corpo ter sido encontrado.

“O cadáver foi descoberto por funcionários da Autoridade Federal de Aeroportos da Nigéria (FAAN) na pista 18R, ao redor da área de carga, durante uma inspeção de rotina na quinta-feira. O incidente está sendo investigado pela FAAN. Suspeitamos que ele possa ter sido caído de um avião decolando durante a noite. Seremos capazes de determinar como isso aconteceu no final das investigações”, disse um funcionário do aeroporto à mídia local.

Após o trabalho da perícia e a remoção do corpo, o aeroporto foi reaberto.

Veja também:


Nos últimos anos, países africanos registram um lamentável histórico de viajantes clandestinos, que se colocam em locais como trens de pouso das aeronaves, na esperança de conseguirem viajar a outros países, onde sonham com uma vida melhor. Não são raros os casos de vítimas dessa prática, que é amplamente desencorajada, já que as chances de sobreviver ao ar rarefeito e frio intento a altas altitudes são mínimas.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS